qui, 18 de junho de 2020

A Prefeitura de Garanhuns entregou, nesta terça-feira (16), a Unidade de Tratamento Covid-19, que vai contar com 30 leitos de retaguarda de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. A estrutura, localizada no bairro Francisco Figueira (Cohab II), foi totalmente readequada para atender pacientes com quadro estável da Covid-19, encaminhadas de acordo com protocolos pré-estabelecidos de regulação. A entrega dos leitos aconteceu na noite de hoje, com a presença do prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, que também visitou as instalações da unidade.

Também acompanharam a visita o vice-prefeito Haroldo, a secretária municipal de Saúde, Nilva Mendes, e o secretário adjunto de Saúde Harley Davidson. O prefeito Izaías Régis destacou a importância do dispositivo para o enfrentamento à pandemia. “Foi um trabalho incansável para entregar uma grande estrutura, que vai oferecer qualidade no tratamento e recuperação de muitas pessoas. É uma obra para além da pandemia, que irá beneficiar milhares de garanhuenses”, pontuou o gestor municipal.

O prédio recebeu diversas adequações no piso, teto, parte elétrica e hidráulica, e instalação de rede canalizada para oxigênio; entre outras mudanças necessárias para seu funcionamento. Toda a obra foi submetida a avaliação do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE). No último mês, equipes estiveram trabalhando em três horários, durante todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados. “Quero agradecer a todos os envolvidos para que essa estrutura fosse entregue. Aqui, os profissionais da área de saúde estarão atuando 24 horas por dia, para garantir a saúde da nossa população neste momento crítico”, pontuou a secretária municipal de Saúde, Nilva Mendes.

Durante a ocasião ainda foi apresentada uma nova ambulância, que vai integrar a frota municipal, sendo de uso exclusivo para o combate à pandemia do coronavírus, e ficará à disposição da Unidade de Tratamento Covid-19. Após a entrega, a unidade esteve aberta e também recebeu a visita de vereadores e outras autoridades do município.

Além dos leitos, a estrutura conta com um local específico para exames laboratoriais, sala de estabilização, radiografia, eletrocardiograma; e também de uma área para o atendimento humanizado e disponibilização de informações, por meio de boletins diários, para as famílias dos pacientes. Ainda foram instalados um gerador e um transformador, para garantir o fornecimento de energia elétrica, de forma que os tratamentos não sejam interrompidos por quedas de energia.

O local receberá uma equipe multiprofissional, formada por médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, farmacêuticos, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, técnicos de radiologia, e demais profissionais da área de saúde. Além de contar com diversos equipamentos médico-hospitalares, tais como aparelhos de radiografia, eletrocardiograma, entre outros, que continuarão sendo utilizados após a pandemia, no Centro de Especialidades Médicas e de Diagnóstico (Cemig) do município.