sex, 11 de setembro de 2020

O juiz eleitoral Enéas Oliveira da Rocha aplicou uma multa de R$ 8 mil no prefeito de Águas Belas, Luiz Aroldo, por propaganda eleitoral antecipada, feita, segundo denúncia do PC do B, no dia 16 de agosto, em um ato realizado no Hotel Santa Maria. Além de acolher a denúncia e multar o gestor, o juiz ainda advertiu o petista para se abster de realizar propaganda eleitoral antes do dia 27 de setembro, quando passa a ser permitida pela legislação.

Em Águas Belas o PC do B é o principal adversário do PT. Luiz Aroldo é candidato à reeleição, tendo como principal adversário o advogado Roland Povoas (PC do B), que tem o apoio do ex-prefeito Genivaldo Menezes. Com informações do Blog do Roberto Almeida