dom, 27 de setembro de 2020

A largada oficial da campanha eleitoral do candidato a prefeito do Recife Mendonça Filho (DEM) foi dada, hoje, de forma intensa. Ao lado da vice, a correligionária Priscila Krause, visitou uma comunidades na periferia recifense, reuniu-se com jovens e participou do adesivaço de veículos que foi promovido no comitê central da coligação “Recife Acima de Tudo”, formada por DEM, PSDB, PTB e PL. 

Pela manhã, Mendonça e Priscila foram ao Sítio Santa Francisca, também conhecido como Sítio do Forró, uma pequena comunidade que reúne cerca de duas mil famílias e está localizada entre o Aeroporto do Recife e a entrada do Ibura de Baixo. No local, os dois ouviram dos moradores queixas, como falta de saneamento básico, pavimentação e creche, além da regularização de moradias e a ausência de atendimento assistencial de saúde.   

Mendonça Filho falou aos moradores sobre os projetos em setores distintos que pretende implantar na sua gestão. “As comunidades carentes do Recife não podem mais ser negligenciadas e necessitam de atenção especial. Um dos nossos projetos vai cuidar da regularização de áreas como esta, para que o cidadão possa ter sua propriedade escriturada e buscar melhorias”, explicou. Priscila Krause seguiu a linha de Mendonça e reforçou que não há mais espaço para descaso. “É preciso trazer a Prefeitura para dentro das comunidades, conhecer essa dura realidade de perto e oferecer uma vida com dignidade a essas pessoas”, pontuou.

Madalena Silva, conhecida por Dona Nena e que é líder comunitária, mora na comunidade há mais de 30 anos e disse que o local sempre foi esquecido pelo poder público. Como sua residência está construída entre duas ruas estratégicas da localidade, muitos moradores utilizam a própria casa da moradora como via de passagem. Ela também explicou que a falta de saneamento e pavimentação são agravados em períodos de chuva. “Construímos parte de umas galerias de esgoto pagando do nosso bolso. Teve gente que desembolsou até R$ 1.200 para colaborar e reduzir os problemas causados pelo esgoto a céu aberto, como doenças. São muitos problemas”, disse. 

Mendonça e Priscila também escutaram que há muitas casas sem regularização dos terrenos, uma vez que a área física da comunidade está envolvida em questões judiciais entre a Prefeitura e a Aeronáutica, por conta de uma obra de expansão da pista do Aeroporto. Os moradores também relataram que a falta de um posto de saúde faz com que muitos tenham que se deslocar até outras unidades do Ibura, como a Policlínica, e de bairros vizinhos para poderem receber atendimento médico assistencial. As famílias também não têm à disposição uma creche destinada às crianças para que os pais possam trabalhar. 

À tarde, Mendonça e Priscila participaram de uma reunião com jovens no bairro da Bomba do Hemetério, também na Zona Norte. Depois de serem apresentados pela liderança comunitária local, os candidatos contaram um pouco de suas trajetórias na vida pública, destacaram projetos destinados à juventude, como o de combate às drogas e melhoria dos índices de educação no Recife, e ressaltaram a importância dessa parcela da população na hora do voto, tendo em vista que muitos irão votar pela primeira vez. O encontro também respeitou as normas exigidas de combate à pandemia do novo coronavírus, com uso de máscaras e álcool em gel.

Adesivaço – Por volta do meio dia, os democratas seguiram para o bairro da Torre, na Zona Norte, e participaram de um adesivaço de carros, no comitê da aliança. No local, eles conversaram com eleitores e correligionários, gravaram mensagens de apoio à campanha eleitoral e convocaram a população do Recife para conhecer as propostas da coligação “Recife Acima de Tudo” . O movimento foi intenso com muitos veículos participando da iniciativa. O evento seguiu as regras sanitárias de combate à Covid-19, como o uso de máscaras e álcool em gel.