ter, 04 de fevereiro de 2020

“Ao atacar a educação no Nordeste, o presidente Jair Bolsonaro mostra, mais uma vez, o total desconhecimento sobre as experiências exitosas da Região”, afirmou o deputado federal Danilo Cabral (PSB), nesta segunda-feira (3). O parlamentar lembra que são do Nordeste os melhores resultados na educação pública brasileira, reconhecidos pelo próprio Ministério da Educação. 

Danilo Cabral cita como exemplo os casos de Pernambuco, Ceará e Maranhão. Os dois primeiros apresentam os melhores resultados no Ideb no Ensino Médio e no Ensino Fundamental, respectivamente. E o Maranhão paga o melhor salário para os professores. “Pernambuco tem o maior o número de matrículas em ensino integral do país, alcançando a meta do Plano Nacional de Educação (PNE) antes de qualquer outra unidade da federação”, acrescentou. O deputado é presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Nordeste e membro da Comissão de Educação da Câmara.

“Infelizmente, o governo, ao invés de apontar os caminhos estratégicos para a educação brasileira, insiste no debate periférico e pequeno dos valores”, frisou Danilo Cabral, que apresentou um pedido de convocação do ministro Abraham Weintraub para dar explicações sobre os erros nas notas do Enem no Plenário da Câmara. O presidente Bolsonaro criticou os governadores do Nordeste durante a inauguração da pedra fundamental do Colégio Militar de São Paulo. Ele afirmou que a educação na Região forma militantes e desinforma.