GARANHUNS: IZAÍAS RÉGIS DEFINE DR. SILVINO DUARTE COMO SEU PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO

quarta-feira, 17 de junho de 2020

MATÉRIA DO PORTAL AGRESTE VIOLENTO: Em Garanhuns já está definido. O grupo governista terá o médico Silvino Duarte (PTB) como futuro candidato a Prefeito. A confirmação partiu de Izaías Régis (PTB), atual prefeito, e que após dois mandatos, detém uma avaliação positiva de mais de 70% da população. “O candidato a Prefeito do povo de Garanhuns será Dr. Silvino, que tem relevantes serviços prestados à nossa cidade em todos os setores, principalmente na saúde, na educação e na área social. A decisão foi referendada por pesquisas eleitorais, que sinalizam uma grande força e vantagem do nosso grupo, para que a nossa cidade siga em frente e no rumo certo”, disse Izaías.

Silvino Duarte é médico dermatologista e governou Garanhuns entre os anos de 1997 e 2004, tendo deixado a Prefeitura bem avaliado com mais de 80%, tanto que suas principais realizações ainda permanecem vivas na memória dos Garanhuenses. “Silvino investiu muito na saúde, educação e no social, todos lembram. Mas também estruturou a Cidade e fez diversas obras importantes de infraestrutura, com destaque para a construção do Aterro Sanitário; da Esplanada Guadalajara (atual Praça Mestre Dominguinhos); do Pórtico e urbanização do principal acesso a Cidade; além das reformas da Avenida Rui Barbosa; do Parque Euclides Dourado; do Cristo do Magano entre outros atrativos turísticos da Cidade.

Dr. Silvino também abriu avenidas, interligando bairros e ampliando a mobilidade urbana, além de pavimentar e sanear centenas de ruas na maioria bairros de Garanhuns. Ele tem respeitabilidade e uma história de realizações, para que junto com a nossa colaboração, possa voltar a governar Garanhuns”, registrou o atual vice-prefeito de Garanhuns, Haroldo Vicente (PRB), que será o companheiro de Silvino na futura chapa.

Depois de ter exercido os cargos de vereador, vice-prefeito e de prefeito, além de funções importantes na saúde municipal e estadual, Dr. Silvino, que nos últimos anos esteve voltado à família e a medicina, se mostra atualizado e motivado para voltar a disputar a Prefeitura. “Estou motivado para voltar a governar Garanhuns, valorizando as pessoas, a saúde, educação, infraestrutura, turismo e neste momento de Pós-pandemia toda a área social e de qualificação profissional. Iremos apresentar projetos inovadores para as mulheres, os jovens e os mais vulneráveis, sem esquecer as demais áreas.

Me atualizei nos últimos anos, através de cursos e capacitações, e tenho certeza que com o aval do povo de Garanhuns, montaremos uma grande equipe e realizaremos mais um grande Governo”, destacou Dr. Silvino. Além dos apoios de Izaías e de Haroldo, a pré-candidatura de Silvino também conta com grandes lideranças empresariais, políticas e comunitárias, nove dos treze Vereadores do Município e do ex-senador Armando Monteiro (PTB), que detém um grande vínculo com Garanhuns. Fonte: Portal Agreste Violento

PREFEITOS DO AGRESTE OUVEM EXPLANAÇÃO DO GOVERNADOR SOBRE PLANO DE CONVIVÊNCIA COM A COVID-19

quinta-feira, 11 de junho de 2020

O governador Paulo Câmara comandou, nesta quarta-feira (10.06), nova reunião, por meio de videoconferência, com prefeitos e prefeitas de municípios do Agreste do Estado. Foi o segundo dia de reuniões da rodada de discussão sobre a regionalização do Plano de Convivência com a Covid-19 em Pernambuco. “Detalhamos o plano, apresentamos os números da pandemia do novo coronavírus nesses municípios e discutimos as possíveis adaptações, de acordo com o perfil de cada região”, explicou Paulo Câmara, ressaltando a importância da análise do cenário epidemiológico.

Ainda segundo o governador, essa iniciativa é fundamental para a tomada de decisões, sempre baseadas em pesquisas técnico-científicas. “Temos trabalhado com transparência e cautela com relação às determinações que fazemos”, pontuou Paulo Câmara, que também vai se reunir com prefeitos do Sertão do Estado. Participaram da reunião a vice-governadora Luciana Santos e os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), André Longo (Saúde), Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico), Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão) e Antônio de Pádua (Defesa Social).

TEREZINHA: MUNICÍPIO PODERÁ TER CANDIDATURA ÚNICA PARA PREFEITO EM 2020

quarta-feira, 10 de junho de 2020

O grupo político liderado pelo atual prefeito Matheus Martins (PSB), pelo vice-prefeito Rogério Bezerra, por oito vereadores de mandato e pelo ex-prefeito Alexandre Martins, tem em sua base aliada dez partidos políticos e uma larga frente correligionária. Com grande apoio político e alta aprovação popular (aproximadamente 70%) nas últimas pesquisas qualitativas de avaliação de gestão, o município poderá repetir, pela segunda vez, um pleito com candidatura única reelegendo Matheus.

Diferente do que ocorreu há 16 anos atrás quando Terezinha reelegeu Ezaú Gomes, esta eleição se dará em um momento atípico e de muita restrição, onde as campanhas eleitorais deverão ser modificadas devido à pandemia do novo coronavírus. Por outro lado, a Oposição em Terezinha, liderada pelo atual vereador Adriano Campos (PCdoB), como divulgado em redes sociais, deverá lançar apenas uma chapa para disputar as vagas da Câmara Municipal.

GOVERNADOR CONVOCA NOVOS PROFISSIONAIS PARA REFORÇAR A SAÚDE

terça-feira, 09 de junho de 2020

O governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (08.06), a convocação de 43 profissionais aprovados no último concurso da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), sendo 37 para atuação na Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e seis para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO). O objetivo é reforçar as ações de vigilância e fiscalização no Estado, além das necropsias. A lista com os convocados será publicada nesta terça-feira (09.06) no Diário Oficial do Estado.

“Com essa contratação estamos reforçando, em outras frentes, o sistema de Saúde do Estado. Esses novos profissionais vão ampliar a capacidade técnica para garantir a manutenção dos protocolos e a execução do Plano de Convivência com a Covid-19”, explicou o governador. Para a Apevisa, estão sendo convocados fiscais sanitários com formação nas áreas de enfermagem (20), farmácia (12) e nutrição (5). Eles vão atuar nas Gerências Regionais de Saúde nos municípios do Recife, Limoeiro, Caruaru, Salgueiro, Petrolina, Serra Talhada e Goiana.

Com o início das etapas do Plano de Convivência com a Covid-19, a Secretaria de Saúde, por meio da Apevisa, atuará em ações junto aos municípios pernambucanos realizando avaliações e, em caso de necessidade, intervenções sanitárias para manutenção das medidas restritivas. Também fará o acompanhamento e orientação dos estabelecimentos visando à liberação gradual das atividades. Já os técnicos de necropsia vão trabalhar no SVO Recife (5) e na unidade de Caruaru (1).

“Por determinação do governador Paulo Câmara estamos constantemente reforçando o número de profissionais em atuação na rede estadual de Saúde. Convocamos força laboral para compor as escalas dos nossos hospitais, para o Lacen-PE, para a Vigilância Epidemiológica Hospitalar, objetivando garantir o pleno funcionamento dos nossos serviços neste período de pandemia”, destacou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Desde o início da pandemia, o Governo de Pernambuco tem reforçado a rede estadual de saúde e, ao todo, já são 7.947 profissionais em processo de contratação, entre concursados e aprovados em seleções. Ao todo, foram 3.046 aprovados em concurso público para serviços da SES-PE e Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE), além da atual convocação da Apevisa e SVO. Outros 4.901 foram escolhidos por meio de seleções públicas simplificadas, para a SES-PE, Complexo Hospitalar da UPE, Lacen e Vigilância Epidemiológica Hospitalar. Além disso, 1.869 profissionais que estavam atuando em ambulatórios, em situações eletivas, foram recrutados e passaram para a linha de frente da rede hospitalar ou para atendimento no aplicativo Atende em Casa.

PREFEITURA DE GARANHUNS PROÍBE QUEIMA DE FOGOS E FOGUEIRAS NAS FESTAS JUNINAS

segunda-feira, 08 de junho de 2020

A Prefeitura de Garanhuns estabeleceu novas medidas de combate à pandemia de Covid-19, que deverão ser seguidas durante o período em todo o município. Por meio do Decreto nº 049/2020, o Poder Executivo determina a proibição da venda e queima de fogos de artifícios, e também que a população acenda fogueiras na área urbana e rural.

A medida busca reduzir os índices de complicações respiratórias ocasionadas pela fumaça das fogueiras e também de queimaduras em decorrência do manejo de fogos de artifício, considerando a lotação das instituições hospitalares, públicas e privadas. O expediente destaca ainda que a tradição junina de acender fogueiras e queimar fogos de artifício pode provocar aglomerações, comprometendo assim, a eficácia do isolamento social como medida de contenção da pandemia.

Desta forma, o Governo Municipal destaca a relevância o caráter cultural e a tradição do período junino, mas que estes, não podem prevalecer sobre o direito à saúde e o direito à vida, que são prioridade neste momento. O Decreto nº 049/2020 estará disponível na íntegra no Diário Oficial dos Municípios da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), desta terça-feira (09).

ATOS RADICAIS DE BOLSONARO CAUSAM AFASTAMENTO DAS FORÇAS ARMADAS

segunda-feira, 01 de junho de 2020

DO BLOG DO MAGNO MARTINS: Tive, de ontem para hoje, acesso exclusivo a fontes diretas das Forças Armadas, sobre reuniões decisivas, contando com a participação das patentes mais altas, que resolveram não mais dar apoio a Bolsonaro diante do atual contexto de crescente radicalização irracional. As Forças Armadas em nenhuma hipótese admitem a possibilidade defendida pelo clã Bolsonaro de uma guerra civil. Essa foi a gota d’água final para se programar o afastamento do atual presidente. A hipótese de “auto-golpe” foi terminantemente descartada. Todas as Forças Armadas estão em prontidão para atuar de forma enérgica a qualquer momento de tentativa de ruptura do Estado de Direito por parte de Bolsonaro.

Inicialmente, os militares apoiaram Bolsonaro apostando que ele poderia ter um comportamento racional e alinhado com o verdadeiro patriotismo das Forças Armadas, na linha do lema “Ordem e Progresso”. Ocorre que foram encontrando um ex-tenente rebelado e descontrolado, incapaz de liderar. Na verdade, viram que o verdadeiro lema de Bolsonaro é: “Minha família acima de tudo, meus filhos acima de todos”. Entre os exemplos, citam as humilhações que os filhos impuseram a generais de máxima referência, como Mourão e de Santos Cruz, que demonstraram que Bolsonaro só segue sua família e apenas tenta usar as Forças Armadas para o seu benefício político pessoal e da sua família.

Também entendem claramente que Bolsonaro tentou fazer uma espécie de aliciamento dos militares, ofertando cerca de três mil cargos nos mais diferentes ministérios e órgãos federais, muitas vezes colocando militares sem qualquer treinamento especializado. Mas os líderes da ativa não concordam com essa jogada e consideram algo espúrio. Hoje, pelo menos 80% dos militares de alta patente, que sempre decidem tudo de forma colegiada, consideram que Bolsonaro já rompeu todos os limites do razoável e está querendo jogar o Brasil num conflito sangrento, inaceitável pelas Forças Armadas. Avaliam que as bases bolsonaristas originais estão desencantadas e que o tenente não tem mais bala na agulha para colocar as grandes massas na rua como sustentação popular.

Os serviços de inteligência internos já concluíram que hoje Bolsonaro perde apoio nas classes médias mobilizadoras e ganha apoio nas periferias urbanas miseráveis e no Nordeste, por conta dos R$ 600 que estão sendo distribuídos pela CEF. Por essas e várias outras razões, decidiram que Bolsonaro só tem duas saídas: renunciar de maneira pacífica para evitar uma cassação política ou sofrer um processo de impeachment com o Congresso tendo respaldo das Forças Armadas. Note-se que o ministro Barroso anunciou, no seu discurso de posse como Presidente do TSE, que em três semanas vai colocar em pauta o pedido de cassação da chapa Bolsonaro-Mourão e isso não é do interesse dos militares.

Ou seja, as Forças Armadas querem uma solução pacífica e constitucional, elevando o General 4 Estrelas Antônio Hamilton Martins Mourão (GCRB – GCMM – GCMD) como o legítimo presidente da República. Ouvi coisas bem mais duras contra Bolsonaro, mas preferi não focar em ataques e sim na essência política da questão: Bolsonaro não conta mais com o apoio da maioria das Forças Armadas que agora vão agir dentro da lógica e da razão para colocar o Brasil no caminho do entendimento nacional, dentro da Lei e da Ordem. Fonte: Blog do Magno Martins

QUARENTENA FAZ CURVA DA EPIDEMIA ESTABILIZAR EM PERNAMBUCO

domingo, 31 de maio de 2020


O governador Paulo Câmara comandou, neste domingo (31), uma reunião de avaliação da quarentena nas cidades do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. A disseminação da epidemia do novo coronavírus estabilizou em Pernambuco, e há uma tendência de redução nos municípios que entraram no isolamento mais rígido. Levantamentos feitos pelo Instituto para Redução de Riscos e Desastres de Pernambuco (IRRD), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), e pela Escola de Higiene e Medicina Tropical da Universidade de Londres, também apontam para a estabilização da epidemia em Pernambuco.

“Nosso objetivo foi atingido com muito esforço de todos, sobretudo da grande maioria da população, que compreendeu a importância do isolamento social. Os números são importantes, mas não querem dizer que vencemos a guerra. Ainda temos um longo caminho pela frente. Precisamos manter o foco”, afirmou Paulo Câmara.

A desaceleração da epidemia também foi sentida no sistema de saúde. Com a expansão da rede e o aumento da quantidade de profissionais, a fila de espera por leitos de UTI atingiu o menor patamar desde o mês de março. Nesta segunda-feira (01), o Governo do Estado vai apresentar o plano de retomada das atividades econômicas. O cronograma de flexibilização das regras para cada setor será divulgado, assim como os protocolos de higiene e distanciamento social que serão exigidos para que as empresas reabram as portas.

Vale destacar que alterações no cronograma de abertura e a possibilidade do retorno de medidas mais duras de isolamento não estão descartadas. Os dados de saúde serão monitorados diariamente e vão orientar as decisões do Gabinete de Enfrentamento ao Coronavírus.

GOVERNO DE PERNAMBUCO RECEBE RESPIRADORES E EPI’S DOADOS PELO ITAÚ

sexta-feira, 29 de maio de 2020

O Governo de Pernambuco ganhou um reforço no combate à Covid-19 com a doação de 15 respiradores e mais de 1,1 milhão de unidades de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) à rede estadual de saúde. Os aparelhos, que já estão sendo entregues a 10 hospitais e 14 Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), foram doados pelo Projeto Todos pela Saúde, coordenado pelo Banco Itaú.

Além dos respiradores, Pernambuco foi contemplado com 335 galões de álcool em gel; 26 mil máscaras N-95; 213 mil máscaras cirúrgicas; 873 mil luvas; 41,8 mil aventais; e 9,3 mil óculos de proteção. Esses itens estão sendo distribuídos entre as unidades de referência para o atendimento à Covid-19 no Estado, como os hospitais Agamenon Magalhães, Getúlio Vargas, Oswaldo Cruz, Barão de Lucena, Imip e Alfa, no Recife; Hospital Jaboatão-Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes; Hospital João Murilo, em Vitória de Santo Antão; e hospitais Mestre Vitalino e Regional do Agreste, em Caruaru. 

Dos 15 respiradores, cinco já foram encaminhados para o Hospital Dom Moura, em Garanhuns, e 10 estão sendo destinados ao Mestre Vitalino, em Caruaru. “Com esses equipamentos, estamos fortalecendo as unidades de saúde do interior do Estado, principalmente no Agreste. O objetivo é fortalecer a rede para enfrentar possíveis picos da doença nessa região”, comentou a secretária executiva de Atenção à Saúde, Cristina Mota.

Iniciativa coordenada pelo Banco Itaú para colaborar com as ações de saúde pública no combate ao novo coronavírus, o Projeto Todos pela Saúde reúne doações de diversas entidades, que são geridas por um grupo de especialistas. “Essa tem sido uma parceria bem importante para Pernambuco, pois além da doação de insumos, que é fundamental para enfrentarmos a pandemia, o projeto ainda tem feito um trabalho diferenciado junto às unidades de referência, dando suporte à criação e gestão de comitês de crise dentro desses serviços. Sem contar, a previsão de apoio técnico para pesquisas”, ressaltou Cristina Mota.

Para garantir as doações, o Projeto Todos pela Saúde envia profissionais aos Estados, para conhecer a situação epidemiológica local e entender a gestão do enfrentamento da epidemia pelas autoridades de saúde. “Esse é um projeto suplementar, que vem para apoiar as gestões estaduais de diversas formas, desde o envio de equipamentos até o suporte técnico”, explica a médica e assessora técnica do Todos pela Saúde, Karina Calife, que ainda fez uma avaliação do trabalho de enfrentamento à pandemia em Pernambuco. 

”É interessante ver como Pernambuco conseguiu implantar uma gestão estruturada, coordenada por um comitê de crise central, que articula o trabalho das diversas secretarias envolvidas nos principais focos de combate à pandemia. Além disso, o Estado tem implantado uma política de testagem bastante organizada, incluindo um protocolo pensado de forma adequada para os profissionais de saúde, e tem um feito um importante planejamento de criação de novos leitos, que inclui a abertura de vagas em hospitais da própria rede, assim como a interiorização da rede de enfrentamento à doença”, completou Calife.

DANILO CABRAL ARTICULA FRENTE EM DEFESA DA LIBERDADE DE IMPRENSA

quinta-feira, 28 de maio de 2020

O deputado federal Danilo Cabral (PSB) anunciou a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Liberdade de Imprensa no Congresso Nacional. O colegiado, de caráter suprapartidário, contará com a participação de deputados e senadores e terá como objetivo atuar para garantir a livre manifestação de pensamento, o livre exercício do jornalismo, o livre acesso à informação, bem como a plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social.

“Nossa Constituição estabelece como um dos pilares do regime democrático a liberdade de imprensa. Então, diante da escalada do autoritarismo, precisamos estar vigilantes e atuar para assegurar o cumprimento dos preceitos constitucionais”, destaca Danilo Cabral. Para o deputado, é a imprensa livre que garante o acesso à informação, com diversidade de vozes, e não pode ser alvo de censura ou patrulhamento de nenhuma forma. “Enquanto pilar de sustentação da democracia, é papel da imprensa manter uma postura crítica e independente”, acrescenta.

Danilo Cabral ressalta que, com a disseminação em massa das notícias falsas, a imprensa deve ter um protagonismo maior e sua autonomia preservada. Segundo ele, é preciso combater a divulgação das fake news, que buscam alcançar objetivos políticos e econômicos, algo possível apenas com a imprensa livre. O deputado cita a participação do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre Moraes no seminário da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), realizado hoje (27). “A liberdade de imprensa não é construída por robôs, quem são construídas por robôs são as fake news“, disse o ministro no evento.

O parlamentar também critica o discurso hostil do presidente Jair Bolsonaro contra a imprensa. “O péssimo exemplo que ele dá, as agressões que tem desferido à imprensa induzem seus apoiadores a agredirem jornalistas por todo o país e em todos os ambientes de cobertura”, diz Danilo Cabral. De acordo com dados da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), o presidente promoveu 295 ataques à imprensa desde que assumiu o cargo, em 2019, até abril deste ano. São desde tentativas de descredibilização da imprensa até agressões diretas a jornalistas. 

O Brasil figura entre os países do mundo que mais viola a liberdade de expressão, segundo dados do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC). A coordenadora da entidade, Renata Mielli, lamenta a institucionalização dessa violação, na medida em o presidente da República e órgãos de estado estabelecem a perseguição a jornalistas, veículos de comunicação e a comunicadores em geral. 

“Essas violações à liberdade de expressão e de imprensa, que têm a clara tentativa de calar as vozes dissonantes, de criar um obstáculo ao livre fluxo de informações, ao debate público na sociedade para que as pessoas possam ter todos os elementos a se informarem dos acontecimentos em curso no nosso país, é muito grave. Essa Frente vem num ótimo momento, pois nós precisamos envolver um campo amplo e pluripartidário para defender a liberdade de expressão, porque sem ela não há democracia possível”, afirmou.

A Frente em Defesa da Liberdade de Imprensa, segundo Danilo Cabral, atuará na articulação e na mobilização dentro do Congresso Nacional na defesa institucional da liberdade de imprensa e de interlocução com as entidades representativas e, sobretudo, com a sociedade. Promoverá debates, simpósios, seminários e outros eventos pertinentes à liberdade de imprensa e o intercâmbio com parlamentos de outros países, assim como organizações da sociedade civil e do meio empresarial. 

“Também queremos procurar o aperfeiçoamento da legislação referente à garantia da liberdade de imprensa e apoiar as instituições interessadas na defesa da liberdade de imprensa, do livre pensamento e da democracia”, diz Danilo Cabral. O estatuto da Frente foi protocolado, na Câmara dos Deputados, juntamente com o requerimento para sua criação nesta quarta-feira (27). 

ÁGUAS BELAS: CLIMA POLÍTICO TENSO EM MEIO A PANDEMIA

terça-feira, 26 de maio de 2020

O Município de Águas Belas/PE, distante 314 km da capital, vive momentos nebulosos. Não só pelo fato da dura pandemia que assola a cidade, fazendo mais de uma centena de casos positivos para a Covid-19, mas, pelo fato de o clima político está a flor da pela, envolvendo as autoridades do executivo e do legislativo. Tudo começou depois que três vereadores da oposição foram visitar um hospital de campanha que está sendo improvisado em uma escola na zona urbana.

Segundo esses vereadores, foram barrados por um funcionário da Prefeitura, que disse não ter autorização para deixa-los entrar. Daí, começou o bate boca. O episódio tomou conta das redes sociais e chegou até o Prefeito Luiz Aroldo, que acusa os oposicionistas de perseguição política e de terem o ameaçado de morte. De fato, a cidade dos índios Fulniôs vive momentos difíceis, e leitores deste Blog, estão pedindo a Deus que os políticos preocupem-se mais em combater o novo Coronavírus e deixem a política por mais uns meses de lado, já que a cidade contabilizava até esta segunda-feira (25/05), 137 casos confirmados e 8 óbitos de Coronavírus.