DIA NACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA VISUAL SERÁ COMEMORADO NESTA SEXTA (13)

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Nesta sexta-feira (13), o Instituto de Olhos do Recife comemora o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual. A ação visa conscientizar a sociedade pernambucana sobre a importância do acesso universal à saúde ocular e ao exame com médico especialista em oftalmologia. “Essas são condições essenciais para a redução de casos de cegueira passíveis de prevenção”, destaca o oftalmologista e especialista em catarata e glaucoma, Pedro Falcão, do IOR. “Um segundo objetivo é garantir para pessoas cegas ou com baixa visão a acessibilidade, a mobilidade e a igualdade de condições”, destaca o médico.

Criada em 1961, a data é de extrema importância, considerando que a população estimada de pessoas com deficiência visual no mundo é de 285 milhões, sendo 39 milhões cegos e 246 milhões com baixa visão. Dados do IBGE, de 2010, revelam que do total da população brasileira, 23,9%, ou seja, mais de 45 milhões de pessoas declaram ter algum tipo de deficiência, dentre as quais predomina a visual, representando 3,5%. São mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, sendo 582 mil cegas e 6 milhões com baixa visão.

Segundo o doutor Pedro, os níveis de acuidade visual ocupam um amplo espectro de possibilidades, que vai desde a cegueira total até a visão normal. “Entre os dois extremos estão patologias como miopia, astigmatismo, ambliopia, hipermetropia, que não são necessariamente deficiências visuais, mas que na infância devem ser identificadas e tratadas precocemente, porque podem interferir no processo de desenvolvimento e aprendizagem”, orienta. Já a deficiência visual pode ser definida como a perda total ou parcial, congênita ou adquirida da visão, com nível de acuidade visual variando da cegueira até a visão subnormal.

VISÃO SUBNORMAL – A visão subnormal engloba diferentes níveis de baixa visual, dentre elas a ambliopia ou visão residual. Caracteriza-se pelo comprometimento da visão e do campo visual, mesmo após tratamento ou correção. “As pessoas com esse quadro podem ler textos impressos ampliados ou com uso de recursos óticos especiais”, explica o doutor Pedro.

Definir nuances dessas manifestações é complexo, devido à variedade e à intensidade de comprometimento das funções visuais. “Essas funções envolvem desde a simples percepção da luz até a redução de acuidade do campo visual, o que interfere e limita a execução de tarefas do dia-a-dia”, explica o oftalmologista. De acordo com ele, em alguns casos, pode estar presente o nistagmo, que é um movimento rápido e involuntário dos olhos, agente redutor da acuidade visual e causador de fadiga durante a leitura.

CEGUEIRA – Por ser um órgão exposto a fatores externos, como radiação ultravioleta, poluição, medicamentos e outros agentes químicos ou físicos, o olho fica vulnerável a doenças que, inclusive, podem se agravar com a idade e levar o paciente à cegueira. A cegueira é a perda total da visão ou baixíssima capacidade de enxergar, levando a pessoa a necessitar do sistema braille áudio ou digital, como meio de leitura e escrita.

Além disso, a baixa visão e a cegueira reduzem as informações que a pessoa recebe do ambiente, restringindo os dados para a construção do conhecimento sobre o mundo. “Por isso, o acesso universal à saúde ocular é imprescindível, posto que é a forma mais eficiente e insubstituível de reduzir os casos de cegueira passíveis de prevenção”, alerta.

DEFICIÊNCIA – Ao longo dos anos, os termos que definem a deficiência foram se adequando à evolução da ciência e da sociedade. Atualmente, o termo correto a ser utilizado é “Pessoa com Deficiência”, que faz parte do texto aprovado pela Convenção Internacional para Proteção e Promoção dos Direitos e Dignidades das Pessoas com Deficiência, aprovado pela Assembleia Geral da ONU, em 2006, e ratificada, no Brasil, em julho de 2008.

Para além das várias conquistas na legislação mundial e brasileira, da inserção no mercado de trabalho e nos métodos de ensino, há muito por fazer para garantir a plena inclusão de pessoas com deficiência visual. “Precisamos avançar ainda mais na inclusão social, na acessibilidade e combater qualquer tipo de discriminação ou preconceito”, reforça o doutor Pedro. A Lei Brasileira da Inclusão (13.146/2015), conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência, estabelece as condições mínimas de acessibilidade para garantir os direitos e promover a inclusão social das pessoas com deficiência. 

BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA RECEBERÃO ABONO NATALINO A PARTIR DESTA TERÇA (10)

segunda-feira, 09 de dezembro de 2019

Com o objetivo de permitir um pagamento adicional aos beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF), o Governo Federal anunciou o Abono Natalino que será pago a partir de amanhã, terça-feira dia 10 dezembro de 2019, e tornará possível que as famílias beneficiárias recebam, no total, o dobro do benefício do mês. A criação do Abono Natalino vai ao encontro da necessidade de transferir mais recursos às famílias beneficiárias do Bolsa Família, proporcionando um maior poder de compra. O pagamento do Abono Natalino terá alcance nacional e injetará, em todo o Brasil, R$ 2,5 bilhões na economia.

PARANATAMA: PADRE ANTÔNIO CELEBRA 15 ANOS DE ORDENAÇÃO SACERDOTAL

domingo, 08 de dezembro de 2019

Acontecerá na próxima terça-feira (10/12), a partir das 19:30h, na Capela Cristo Rei do Universo no povoado Alto da Serra, a missa de Ação de Graças oferecida pelo Padre Antônio Carlos, pároco da cidade de Paranatama/PE, pelos 15 anos de sua ordenação sacerdotal. Depois da missa, os fiéis, convidados e familiares festejarão com o Padre no salão da Associação Comunitária daquela comunidade.

“Com muita alegria eu Pe. Antônio Carlos com meus familiares e a Paróquia de São Luis Gonzaga, convidamos você, sua família e sua comunidade para participar da celebração eucarística na qual eu celebro 15 anos de ordenação sacerdotal.” Com esta frase, o pároco convida a todos para esta celebração.

Este blogueiro ficou muito honrado pelo convite feito pelo Padre Antônio Carlos e, desde já, confirma presença neste lindo evento de muita alegria e gratidão a Deus. Parabéns ao Padre pelas Bodas de Cristal junto com a Igreja.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DA MAGIA DO NATAL DE GARANHUNS NESTE FIM DE SEMANA

sexta-feira, 06 de dezembro de 2019

A Magia do Natal  abrilhanta Garanhuns em mais um fim de semana, com atrações regionais e nacionais no polo principal do evento, o Palco Prefeitura. Localizado em frente ao Palácio Celso Galvão, sede do poder executivo, o polo recebe apresentações a partir desta sexta-feira (29), às 19h. No sábado (30) e domingo (01), além das apresentações culturais, o Desfile do Papai Noel também promete encantar o público, a partir das 18h.

Amanhã (29), a população poderá conferir as apresentações do grupo Valentes do Xaxado, formado por moradores da comunidade quilombola Caluete;  do quarteto Holofotes; da cantora Geiici Gomes; e do artista garanhuense Celino Melo. No sábado (30), o Desfile do Papai Noel passa pela avenida Santo Antônio, após a apresentação da Ave Maria, que acontece na sacada do Palácio Celso Galvão, quando o relógio marca as 18h. No Palco Prefeitura, a grande atração será a banda Os Incríveis, grupo paulista criado anos 60 durante a Jovem Guarda. A cantora Simone Santos e Léo e Banda também se apresentam no polo. 


No domingo (01), o Desfile do Papai Noel também abre a programação, a partir das 18h. A cantata natalina do Educandário Santa Clara inicia as apresentações do Palco Prefeitura, às 19h. O grupo Harmonia de Flautas, do Sesc Garanhuns, também participa do polo, com um repertório formado por músicas brasileiras. O Coral Vozes da Colina, também do Sesc Garanhuns, se apresenta, seguido pelo espetáculo do Espaço Bailarte. O recital e apresentação de saxofone, com José Victor de Araújo, da Escola de Referência em Ensino Médio Narciso Correia do município de Paranatama (PE), encerra a série de apresentações culturais.

A Magia do Natal é uma realização da Prefeitura de Garanhuns e recebe o patrocínio das empresas Bradesco, Tools Net, Farmácias FTB, Casa das Balas, Mano Imóveis, Ferreira Costa, Uniodonto, Café Ouro Verde e Chocolate Sete Colinas. A festa natalina abrilhanta Garanhuns até o dia 06 de janeiro, com apresentações artísticas até o dia 31 de dezembro. A programação completa está disponível no site da Prefeitura de Garanhuns (garanhuns.pe.gov.br), nas páginas oficiais da Magia do Natal (Instagram: @amagiadonataldegaranhuns; Facebook: /AMagiadoNatalGaranhuns) e nas páginas da Prefeitura de Garanhuns (Instagram: @prefgaranhuns; Facebook: /PrefeituradeGaranhuns).

FALECEU O SR. VALDIR GOES, PAI DO PREFEITO VALMIR DO LEITE

sexta-feira, 06 de dezembro de 2019

É com profundo pesar que os familiares comunicam o falecimento do Sr. Valdir Goes, pai do Prefeito Valmir do Leite da cidade de Paranatama/PE. A família comunica ainda que o velório está sendo realizado na residência do falecido que fica na Rua Francisco de Paula Melo, de onde sairá para o sepultamento às 14h no Cemitério São Luiz Gonzaga no Centro da cidade. O Sr. Valdir Goes partiu para a eternidade aos 93 anos de idade. Os parentes agradecem desde já ao que comparecerem a este ato de fé e caridade cristã.

GARANHUNS: LINHA DE ÔNIBUS TERÁ ITINERÁRIO ADAPTADO A PARTIR DO DIA 9

quarta-feira, 04 de dezembro de 2019

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Autarquia de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), informa a toda população sobre a adaptação no itinerário da linha de ônibus circular. A partir do dia 09 de dezembro, a linha 13 — Circular vai reduzir seu itinerário, atendendo aos bairros Parque Fênix, Liberdade, Centro, Brasília e Cohab I.

De acordo com o diretor do setor de Transportes da Autarquia, Wagner Pontes, a redução irá beneficiar a população com mais viagens por linha. “Nós fizemos um estudo, junto à empresa São Cristovão, e constatamos que em alguns bairros não existiam demandas. Por isso, optamos por reduzir o número de pontos do itinerário. Com essa mudança, a população será beneficiada, pois a linha passará a fazer quatro viagens, ao invés de duas”, comentou o diretor. 

Atualmente, a linha de ônibus atende oito bairros, sendo eles: Parque Fênix, Cohab I, II e III, Liberdade, Centro, Brasília e Loteamento Manoel Camelo. Outras dúvidas podem ser esclarecidas no site da AMSTT, por meio do link: http://www.amstt.pe.gov.br/site/

CORPO DE GUGU LIBERATO CHEGARÁ EM SÃO PAULO NESTA QUINTA (28) E SERÁ VELADO NA ALESP

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

O corpo de Gugu Liberato, 60, será velado em caixão aberto na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) nesta quinta (28), segundo informou a assessoria de imprensa do apresentador. A entrada popular será pelo Salão Monumental da Alesp a partir do meio-dia. Batedores da polícia acompanharão o trajeto do corpo de Gugu do Aeroporto de Viracopos, Campinas, até a Assembleia Legislativa, na capital. A família pediu privacidade, por isso não haverá cortejo ao longo desse caminho, segundo nota divulgada pela assessoria do apresentador.

O público que desejar dar o último adeus ao apresentador deve se dirigir à avenida Sargento Mario Kozel Filho, Paraíso (SP), local de entrada do velório na Alesp. O corpo de Gugu já foi preparado para translado e ficará na funerária até esta quarta-feira (27) à tarde. De lá seguirá para o aeroporto internacional de Orlando (EUA), de onde embarcará para o Brasil em voo noturno.

Gugu Liberato, 60, teve a morte confirmada na noite da última sexta-feira (22), após ele passar dois dias internado em um hospital de Orlando, na Flórida, Estados Unidos, em decorrência de uma queda sofrida em casa. Ele despencou de uma altura de quatro metros, quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão.

Os médicos constaram que o apresentador não apresentava mais atividade cerebral, segundo a nota de falecimento, que não especifica a data exata da morte. Os familiares então autorizaram a doação de todos os seus órgãos, o que poderia beneficiar até 50 pessoas. Fãs e famosos lamentaram a morte trágica do apresentador, que deixou três filhos: João Augusto, de 17 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, 15.

Ana Maria Braga, Xuxa, Ana Hickmann, Fátima Bernardes, Luan Santana e outras celebridades lamentaram a morte de Gugu. “Triste como amigo, triste como admirador, triste como colega, triste como telespectador. O Brasil perde um comunicador que enxergava na televisão uma ferramenta poderosa para falar com o povo”, afirmou Luciano Huck.

Faustão aproveitou para esclarecer que nunca houve rivalidade com o colega: “Embora não tivéssemos amizade, sempre tivemos uma relação muito cordial e educada. Nós, que disputamos a audiência por muitos anos, fomos adversários, mas jamais inimigos. Aqui, da galera do Domingão, uma homenagem a Augusto Liberato, que foi uma das figuras mais importantes da história da televisão no Brasil”.

Já o colega de emissora Rodrigo Faro fez uma edição emocionada do programa A Hora do Faro no último domingo (24), mas acabou cometendo uma gafe ao perguntar se a audiência estava boa sem perceber que estava sendo gravado. Alguns internautas se revoltaram e o acusaram de “amigo da onça” nas redes sociais.

Carreira: Gugu, que começou trabalhando como office-boy em uma imobiliária em São Paulo, teve uma carreira repleta de sucessos e polêmicas, que incluem desde a famosa Banheira do Gugu até uma entrevista com supostos membros do PCC que faziam ameaças a políticos e jornalistas -desmentida pela própria facção.

Ele contou ao jornal Folha de S.Paulo na década de 1990 que chegou a mandar cartas para Silvio Santos, com ideias e sugestões para os programas dele, até que foi chamado. Silvio resolveu dar uma chance ao menino, na época com apenas 14 anos, contratando-o como assistente de produção, quando o apresentador ainda estava na Globo.

Ao conseguir a concessão que daria origem ao SBT, Silvio deu a oportunidade de apresentador a Gugu. Passou pelo Viva a Noite, Passa ou Repassa, Sabadão Sertanejo e Domingo Legal, onde se consolidou, chegando a mudar de horário para competir diretamente com o Domingão do Faustão (Globo), até então líder no horário.

Gugu estreou na Record em 2009, onde apresentava recentemente os realities Power Couple Brasil e Canta Comigo. Esse último está hoje na reta final da segunda temporada. Segundo a Record, o apresentador chegou a gravar a final, prevista até então para ir ao ar dia 4 de dezembro.

Gugu também foi o responsável por alavancar a carreira de algumas boy bands famosas dos anos 1980 e 1990. Entre elas, o Dominó, que estourou em 1984 com Afonso Nigro, Nill, Marcos Quintela e Marcelo Rodrigues, e o Polegar, que tinha entre os membros o cantor Rafael Ilha, que virou celebridade ainda criança.

UNICEF: MORTALIDADE INFANTIL TEM REDUÇÃO HISTÓRICA NO BRASIL

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) promove hoje (27) sessão, na Assembleia Legislativa de São Paulo, para marcar os 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança. O órgão produziu um relatório que confere ao Brasil reconhecimento por ter melhorado, ao longo dos anos, índices como o da mortalidade, do trabalho infantil, além da exclusão escolar. Conforme o Unicef, de 1990 a 2017 registrou-se “redução histórica” no total de mortes de crianças menores de um ano de idade. No período, a taxa nacional caiu de 47,1 para 13,4 a cada 1 mil nascidos vivos. Além disso, entre 1996 e 2017, 827 mil vidas foram salvas.

As ações de mitigação articuladas pelos governos geraram efeitos de âmbito nacional, causando impacto também em São Paulo. No estado, a redução do índice foi de 22,5 para 10,9, de 1996 para 2017, quando 103 mil vidas de bebês foram salvas. A queda nos índices de cobertura vacinal, adverte o Unicef, tem sido porta de entrada para doenças que eram, até recentemente, consideradas erradicadas, como o sarampo. “Em 2016, a mortalidade infantil subiu pela primeira vez em mais de 20 anos e ainda não voltou aos patamares de 2015, acendendo um sinal de alerta. No total, 42 mil crianças menores de 5 anos ainda morrem por ano no Brasil”, informa o fundo da ONU no relatório.

Índice de violência: A alta incidência de homicídios de adolescentes é outro ponto abordado no documento. O Unicef destaca que, entre 1990 e 2007, o total de ocorrências dessa natureza mais do que dobrou. “De 1996 a 2017, 191 mil crianças e adolescentes de 10 a 19 anos foram vítimas de homicídio”, informam os autores do relatório, acrescentando que, a cada dia, em média, 32 meninas e meninos nessa faixa de idade são assassinados.

Nos municípios paulistas, somente na década encerrada em 2017, destaca o documento do Unicef, 8.200 crianças e jovens nessa faixa etária foram assassinados. A taxa chegou a ser de 9,7 homicídios por 100 mil habitantes, há dois anos. A estimativa é que mais de 1 milhão de menores de idade vivam em áreas afetadas pela violência armada na cidade de São Paulo.

Sala de aula: Outro aspecto mostrado no relatório é o acesso de crianças e adolescentes à educação. Na avaliação do Unicef, o país “conseguiu avançar consideravelmente” nessa área. “Em 1990, quase 20% das crianças de 7 a 14 anos (idade obrigatória na época) estavam fora da escola. Em 2009, a escolaridade obrigatória foi ampliada para a faixade 4 a 17 anos. E, em 2017, 4,7% das crianças e adolescentes de 4 a 17 anos estavam fora da escola”.

Os especialistas do Unicef ponderam que, embora o índice de exclusão escolar tenha diminuído significativamente, o país ainda não atingiu a universalização do ensino. Ao todo, quase 2 milhões de meninas e meninos estão fora da escola. “Em São Paulo, 13% das crianças e adolescentes estavam fora da escola em 1996. Em 2018, eram 3,9%, o que representa 330 mil meninas e meninos. Há ainda aqueles que estão na escola sem aprender. A adolescência é a fase da vida mais afetada com a distorção idade-série no país: 14,9% dos estudantes do ensino médio e 12,5% nos anos finais do fundamental estão dois ou mais anos atrasados, totalizando 6,5 milhões de meninas e meninos. Em São Paulo, são 556.515 crianças e adolescentes”, completa o órgão.

Imigrantes e saúde mental: Para o Unicef, outro ponto que deve integrar a agenda das autoridades preocupadas com a garantia dos direitos de crianças e adolescentes refere-se à acolhida de refugiados. Dos cerca de 200 mil venezuelanos que ingressaram no país até julho, 30% eram menores de idade. O estado é o segundo com maior volume de pedidos de refúgio, concentrando mais de 10% do total. O tema suicídio também figura no relatório do Unicef como uma das questões contemporâneas que requerem atenção. “Nos últimos 10 anos, os suicídios de crianças e adolescentes vêm aumentando no Brasil. Eles passaram de 714, em 2007, para 1.047, em 2017. No estado de São Paulo houve aumento de 53% no número de casos, saltando de 98, em 2007, para 150 em 2017”. Fonte: Diário de Pernambuco

PREFEITURA DE PARANATAMA REALIZA CAMINHADA CONTRA O CÂNCER INFANTO-JUVENIL

terça-feira, 26 de novembro de 2019

A Prefeitura de Paranatama realizou no último domingo (24), a caminhada “Passos que Salvam”, projeto idealizado pelo Hospital do Amor de Barretos/SP, que trata do câncer infanto-juvenil. Várias cidades do país aderiram e também realizaram o evento. O prefeito Valmir do Leite (PSB), através da Secretária Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Zefinha da Farmácia, abraçaram essa causa, juntamente com todas as demais secretarias do Município, como a de Saúde, por exemplo.

A Câmara Municipal de Vereadores, nas pessoas dos vereadores, Beta Roldão, Ivanildo Porto, Edvaldo Olegário, Edgar Bulandeira, as vereadoras Adriana Fausto e a presidente da Câmara, Marli Moura, também fizeram questão de apoiar o movimento, que contou com comerciantes, empresários e toda sociedade civil, sendo muito importantes para o sucesso da caminhada. As 9h da manhã a concentração aconteceu em frente ao Hospital Municipal, subiu pela avenida Rui Barbosa, parando em frente a sede da Secretaria da Mulher, onde os caminhantes encontraram-se com o Papai Noel oficial da Magia do Natal de Garanhuns.

Aconteceram alguns discursos de pessoas portadoras de câncer, pais de crianças com a doença, alguns testemunhos de pessoas que tiveram câncer e graças a Deus foram curadas, depois seguiu pelas ruas de Paranatama, passando pelo Centro da cidade, praça principal com destino final na quadra poliesportiva do Município, onde aconteceram algumas apresentações, discursos de agradecimento do prefeito Valmir do Leite e da Secretaria da Mulher Zefinha da Farmácia.

FIM DO DPVAT: MAIS DE 80 MIL VÍTIMAS PODEM FICAR SEM O BENEFÍCIO

domingo, 24 de novembro de 2019

A comissão mista que vai analisar a Medida Provisória proposta pelo presidente Jair Bolsonaro para acabar com o DPVAT, o seguro obrigatório para veículos, caminha na direção da reprovação do projeto. Segundo informado na última quinta-feira (21) por Lauro Jardim, no jornal O Globo , até agora já foram propostas 54 emendas para a MP, 65% delas contrárias. Mas, se o Congresso não incluir a MP para votação ainda neste ano, a partir de 1º de janeiro as vítimas de acidentes de trânsito estarão sem a cobertura do seguro.

Caso a estratégia dos parlamantares seja fazer com que a medida perca a validade – o que ocorre automaticamnete após 120 dias se não houver aprovação no Congresso – mais de 80 mil vítimas de acidentes de trânsito correm o risco de ficar sem indenizações entre janeiro e abril. Isso acontece porque a mudança proposta por meio de Medida Provisória passa a ter força de lei a partir de sua publicação. Mas, sem o aval do Congresso no prazo mencionado acima, o DPVAT voltaria a valer a partir de abril de 2020.

Esta última possibilidade dá margem a uma série de dúvidas relacionadas ao impacto nos pagamentos. Historicamente, cerca de 31% das indenizações pagas para acidentes de trânsito ocorrem no período que pode ficar sem a cobertura do Seguro DPVAT no próximo ano. Fonte: Blog do Magno Martins